Como ter sucesso vendendo roupas

Vender roupas é fácil e podemos explicar porque dizemos isso com tanta convicção. Roupas são essenciais para os seres humanos, ou você já viu alguém andando nu por aí?

Acho que não, né? Então, se formos parar para pensar, usamos um tipo diferente de roupa para cada atividade ou ocasião, e não nos contentamos apenas com um conjunto, precisamos de várias peças.

Sem contar a moda que está sempre mudando e fazendo a cabeça de legiões de pessoas. Por isso, vender roupa é fácil.


É uma criança em fase de crescimento que precisa sempre de roupas novas, é um evento especial que precisa de um look sofisticado, ou mesmo pura vaidade.

Mas mesmo sendo fácil assim, há pessoas que tem mais prejuízo do que lucro tentando vender roupas e é por isso que redigimos esse artigo com algumas dicas básicas, mas valiosas.

Escolha um atacado barato

A escolha do fornecedor é crucial para você conquistar e fidelizar clientes. O seu fornecedor deve ter roupas de qualidade e que não apresentem defeitos, porém baratas para que você tenha liberdade para precificar suas peças e fazer promoções.

Se você escolher um atacadista com preços elevados, seus lucros serão razoáveis, e até desmotivadores. Mesmo que sejam roupas de alto padrão, não compensa ter poucos reais de lucro, e aumentar excessivamente o preço não é uma boa ideia para quem está começando.

Determine como você vai vender

Hoje, as pessoas tem uma vasta gama de opções para vender produtos e você deve escolher qual será seu canal de vendas e formas de pagamento para estudá-los antes de colocar qualquer coisa á venda.

Primeiro pese o que é importante para você. Por exemplo, você prefere ter uma loja na sua garagem para ficar perto da família ou é melhor alugar um espaço comercial em uma área mais movimentada?

E uma loja online? Será que não é mais fácil? Após determinar se sua loja será física ou online, pesquise como montar essa loja, o que é necessário, quanto deverá ser investido, etc.

Em relação as formas de pagamento, não tem jeito, quanto mais formas você disponibilizar, melhor para você e para o cliente, que com certeza vai voltar.

Saiba vestir seu manequim

Se você optou por ter uma loja física, saiba que é muito importante saber vestir o manequim. Nada de enchê-lo de coisas ou colocar o que está na promoção.

O manequim é quem vai chamar a pessoa que está passando para entrar na loja. Um manequim mal vestido é o mesmo que "xô cliente!".

O ideal é vesti-lo de acordo com o clima e combinando as peças, da mesma forma que uma pessoa normal se veste.

Venda roupas de marca

Hoje em dia as pessoas estão cada vez mais valorizando as marcas e se fidelizando a elas. Marcas específicas refletem os gostos e estilos de diferentes tipos de pessoas e é por isso que muita gente compra roupa somente de uma determinada marca, e também por já conhecer a qualidade do produto.

Para você saber qual marca vender, observe as pessoas na rua e tente descobrir quais marcas elas estão usando mais.

Perguntar para os clientes ou fazer uma pesquisa nos bairros arredores também ajuda. Observe as marcas exibidas na TV e até em publicidades na internet, nos outdoors.

As pessoas procuram aquilo que está sendo comentado.

http://hotmart.net.br/show.html?a=F2332439E&ap=1217


Deixe seu cliente muito a vontade

Coloque suas roupas em cabides para que seu cliente possa olhá-las. Nem todo mundo gosta que o vendedor fique abrindo e mostrando peça por peça.

Alguns mimos no ambiente também conquista. Por exemplo, um purificador com água geladinha ou um banheiro.

Se sua loja é online, deixe-a o mais fácil de navegar possível, sem poluição visual. Dê ênfase a informações importantes sobre o produto, garantias, formas de pagamento e de entrega, email e telefone para contato, chat online.

Lembre-se: o que faz uma pessoa comprar online é a segurança, o preço e o produto único.

Faça promoções

Essa dica deve ser usada principalmente se sua loja for online. Como o cliente não pode ver a peça em mãos antes de comprar, ele deve ter algum incentivo.

Dê brindes, descontos, frete grátis, etc.

Venda o que está na moda

Para saber o que está na moda, basta fazer o mesmo que você fez para descobrir quais marcas vender. Observe as pessoas na rua, olhe o que as outras lojas estão vendendo, leia revistas sobre moda, etc.

As revistas, inclusive, podem lhe ajudar a descobrir as tendências futuras, assim, seu estoque estará pronto antes da concorrência.

Não esqueça do básico

Não concentre-se apenas em roupas badaladas, o básico, como cuecas, meias, lingeries, camisolas... podem lhe dar uma alta margem de lucro.

Essas peças merecem atenção, pois elas precisam proporcionar conforto. Ofereça para sua clientes opções de marcas e tecidos, tem gente que gosta só de algodão, viu?

Divulgue e faça seus clientes divulgarem

A divulgação é muito importante, mas o boca-a-boca é infalível. Faça algumas divulgações na sua cidade (ou na internet, se sua loja for online) e dê um jeitinho dos seus clientes também fazerem isso.

Na internet é fácil, você pode colocar botões de compartilhamento nas páginas dos produtos para que os visitantes, mesmo que não comprem, divulguem nas redes sociais para você.

Já se sua loja é física, o boca-a-boca vai ocorrer naturalmente, mas você pode impulsioná-lo anunciando em carros ou oferecendo um desconto para quem lhe indicar novos clientes.

Escolha um público específico

Você pode achar que vender roupas para todas as idades e ambos os sexos vai gerar mais dinheiro, porém uma loja direcionada apenas para um público específico pode ser igualmente lucrativo ou até mais.

Se você for especialista em uma área você vai gerar credibilidade e construir uma imagem. Daí, sempre que precisarem do tipo de produto que você vende, vão pensar em sua loja primeiro.

Pense nas marcas famosas. Quando você pensa em chinelas, logo vem a mente Havaianas; quando você pensa em chuteiras, logo vem a mente Nike.

Da mesma forma funciona com as roupas ou lojas específicas. Digamos que você abriu uma loja de calças jeans e já possui uma base de clientes, quando alguém precisar de novas calças pensará primeiro em quem?

Claro que, nem sempre a pessoa volta na mesma loja, mas se ela gostou do que comprou e você deseja ter clientes fiéis, esta é uma tática infalível.

Concluindo

Bom, essas são minhas sugestões para que você tenha sucesso vendendo roupas. Se pintar mais alguma dica, eu acrescento aqui.

Espero que tenha gostado e que essas dicas sejam úteis para você. Desejo sucesso com seus empreendimentos e não desista, é tropeçando que a gente aprende.

Seja o primeiro a comentar!